This post is also available in: Français Deutsch Русский English

Rodrigo Ambrissi do canal Dash Dinheiro Digital organizou uma videoconferência no YouTube com os líderes da Dash Venezuela, Dash Cabimas, Dash Help, Dash Text, Dash México, e Dash Brasil para discutir o progresso feito em seus respectivos setores, e para planejar o crescimento do Dash na América Latina nos próximos anos.

Um grande ponto levantado por Giorgio Marinetti do Dash Help é que o caminho para adoção exige uma melhoria na comunicação; o que, neste caso, inclui averiguar que os materiais de marketing, documentos técnicos, e instruções gerais estão disponíveis na linguagem do usuário, Espanhol e Português para a América Latina. Mais tarde no vídeo, ele destacou como isso é particularmente importante para empresas que querem aceitar Dash, mas precisam daquela ajuda adicional para começarem. O Dash Cabimas, que ajudou a fazer com que o estacionamento de shopping aceitasse Dash, tem a esperança de expandir para outros grandes estacionamentos em outras cidades.

Roel Castaño do Dash Méximo também mencionou que as remessas permanecem alguns dos melhores casos de uso para o Dash e para as criptomoedas no país, não só por conta da velocidade e baixo custo do Dash, mas também por necessidade, já que alguns locais não têm acesso a outras opções de remessas. O Brasil tem uma economia relativamente decente, mas ainda têm problemas suficientes com economia e corrupção para que o Dash Brasil tente criar um segmento de mercado para o Dash informando os indivíduos como o Dash é uma maneira mais eficiente e segura de poupar e gastar dinheiro.

Como a América Latina se Tornou o Centro de Adoção das Criptomoedas

Como destacado pelo vídeo, a América Latina se tornou um epicentro para adoção das criptomoedas pois países como Venezuela estão sofrendo com hiperinflação e estão precisando de uma alternativa, e indivíduos em países como México estão buscando maneiras melhores de enviar e receber remessas. O Dash investiu pesadamente no mercado de remessas se integrando com importantes casas de câmbio, provedores de caixas eletrônicos de criptomoedas, e até mesmo com o Bitnovo para oferecer uma solução de remessas inovadora baseada em vales-presente.

Além disso, há projetos que podem ajudar o mundo inteiro que começaram na América Latina devido à demanda do mercado, como o Dash Text. Já que a maioria dos indivíduos em muitos países latino-americanos não têm smartphones, e telefones básicos que não têm as funcionalidades dos smartphones são prevalentes, eles precisam de uma maneira mais simples de gastar Dash. O Dash Text emergiu inicialmente como uma forma de permitir que os indivíduos enviassem Dash via mensagens de texto SMS; mas, graças a sua simplicidade, ele se espalhou rapidamente e agora está se expandindo até mesmo além da América do Sul em direção à América do Norte e Europa com integrações com serviços de SMS e com o Telegram.