This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

A Dash teve uma presença forte como atração principal da conferência Voice & Exit, instalando 113 novas carteiras Dash e criando uma microeconomia real.

Sediada em Austin, Texas no final de Maio, a Voice & Exit foi uma conferência dedicada à promoção da liberdade humana de maneiras diferentes do velho paradigma de ação política. Isso inclui uma grande ênfase na tecnologia blockchain e em outras abordagens para a descentralização do mundo no futuro. Naturalmente, as criptomoedas são candidatas ideais. De acordo com o co-fundador da Voice & Exit Max Borders, a presença da Dash se integrou bem com o evento:

“A Dash se encaixou naturalmente numa multidão de pessoas dedicadas ao mantra “critique criando”. Só tivemos reações positivas à nossa presença lá. O que me tocou foi que não estávamos mais falando sobre como fazer mudanças sociais positivas, em vez disso as pessoas agora tinham oportunidades para fazê-las agora.

Quanto ao time Dash — de alguma maneira vocês acharam o ponto mágico. Vocês são libertadores sem serem doutrinadores e se integraram com uma multidão verdadeiramente diversa ao acreditarem na sua missão em primeiro lugar. Quando você põe o valor da sua tecnologia na vida real das pessoas, elas percebem e isso repercute.”

A Dash foi a principal patrocinadora do evento como uma da série de conferências patrocinadas visando o movimento por liberdade, e teve um painel de discussão assim como um discurso do jornalista independente patrocinado pela Dash Ben Swann. A Dash também tinha uma mesa em local privilegiado no espaço, na qual voluntários interagiam com os conferencistas, e que incluía um caixa eletrônico de Dash.

Carteiras Dash com 20 USD em Dash foram dadas para 113 pessoas, praticamente 25—30% dos conferencistas

Um aspecto particularmente digno de nota do evento foi o grande esforço do time Dash de interagir com tantos conferencistas quanto possível, e ajudá-los a instalar uma carteira. No todo 113 carteiras Dash foram instaladas e carregadas com os primeiros 20 USD do usuário em Dash, que eles eram encorajados a usar para compras. De acordo com o co-fundador do evento Seth Blaustein, isto representou uma parcela significativa do evento, cerca de 25—30%:

“Eu realmente amei andar pelo espaço e ver na hora o quanto o espaço da Dash estava movimentado. As pessoas estavam interagindo para instalar novas carteiras, falando sobre como as criptomoedas funcionam, ou simplesmente relaxando num sofá do espaço Dash e carregando seus aparelhos. Também senti que havia muito coisa acontecendo nas entrevistas. Sempre que eu passei por aquele espaço, havia um badass falando sobre o futuro — Toni Lane Casserly, Christopher David, etc. — era incrível de se ver.”

Apesar de uma boa parte dos conferencistas já terem ouvido falar da Dash, poucos eram usuários ativos, e a maior parte tinha muitas perguntas sobre como a criptomoeda funcionava, e equívocos a serem corrigidos. O voluntário da Dash Lauren Wickline viu as abordagens pessoais como a melhor maneira de interagir com novos usuários em potencial e de criar uma impressão mais positiva:

“Eu fiquei surpreso com quantas pessoas já tinham ouvido falar sobre a Dash, mesmo que elas não tivessem nenhuma ainda. Enquanto patrocinar esses tipos de evento certamente é um ponto a mais para o reconhecimento da marca da Dash e da nossa comunidade, está claro que a maior parte do valor veio dos conferencistas simplesmente serem capazes de interagir conosco no nosso quiosque pessoalmente e se sentirem confortáveis fazendo perguntas.”

Com todas as novas carteiras instaladas, houve uma interação de um para um preliminar conforme o time Dash tentou interagir significativamente com tantas pessoas quanto possível para garantir valor além de simplesmente receber Dashs gratuitas.

As empresas locais e a loja do evento em si tiveram dúzias de compras em Dash

Além de simplesmente distribuir carteiras para novos usuários, várias opções estavam presentes no local para novos usuários gastarem suas Dashs. A loja do Voice & Exit aceitava Dash por produtos, incluindo livros e camisetas, e usou o sistema de ponto de venda Anypay para aceitá-la da maneira mais simples possível. Além disso, um dos food trucks do local também aceitava Dash:

Informou-se que uma única pausa para o lanche alcançou até 10 compras com Dash no food truck. A loja do Voice & Exit relatou que 25 compras foram feitas com Dash, um valor de 400 USD no total.

A Dash tem um nome conhecido, mas precisa de uma exposição mais aprofundada

Como demonstrado pelo Voice & Exit, a Dash tem um reconhecimento de marca decente no espaço crypto, assim como nos movimentos associados. No entanto, a maior parte das pessoas tem um entendimento limitado das suas ofertas e diferenças. Wickline acredita que interações de um para um, e explicações profundas com uma linguagem não intimidadora e amigável para os novatos, têm a maior chance de trazer um novo potencial para a Dash com sucesso:

“Pesquisar sobre criptomoedas é difícil quando você está começando, e a internet está cheia de jargão confuso como chaves, blocos, proof-of-work, e hodl. Interagir com a cryptocuriosidade das pessoas pessoalmente ajuda a fechar essa lacuna e encoraja as pessoas a aprenderem mais, e fazerem mais perguntas. Como muitos de nós vimos, quanto mais uma pessoa aprende sobre criptomoedas, mais provável é que ela se torne defensora e usuária da Dash!

De acordo com o co-organizador do evento Dash Allan Demarest, as vantagens básicas de transação da Dash atraíam interesse, assim como o crescimento e profundidade da organização descentralizada autônoma (DAO) que é a rede Dash, em particular as novas estruturas legais que estão vindo para ajudar a dar uma forma para a rede no mundo atual:

“Transações instantâneas e privadas, claro, e também havia bastante interesse na primeira DAO e que está rodando há mais tempo. Algumas das conversas levaram às estruturas legais inovativas da DAO e como isso leva a grandes possibilidades como o anúncio recente da Dash Ventures. Em geral, eles estavam animados com a visão da lista impressionante de inovações da Dash e o potencial que elas trazem.”