This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

As taxas do Bitcoin subiram mais novamente para o nível dos dólares, com a atualização ChainLocks do Dash reduzindo o valor de pagar por mais segurança.

Apesar de significativamente mais altas do que as das criptomoedas competidoras, as taxas de transação do Bitcoin, permaneceram relativamente acessíveis durante o crypto inverno devido à queda dos preços e da demanda da rede. No entanto, a taxa de transação mediana ultrapassou a marca de 1 USD várias vezes em Abril, conforme tanto a demanda quanto o preço de mercado se aqueceram. Desde 9 de maio a taxa mediana não ficou abaixo dos 1 USD, e no momento da escrita permanece praticamente o dobro deste número.

As taxas de transação da rede do Bitcoin permaneceram relativamente baixas nos primórdios, antes da rede ter alcançado sua capacidade determinada pelo tamanho de 1 MB de bloco; no entanto, durante o final de 2017, as taxas subiram astronomicamente na medida que tanto o preço quanto o tráfego da rede subiram significativamente, chegando ao auge de uma taxa mediana de mais de 34 USD por transação em Dezembro.

A perspectiva de “pagar por mais segurança” se enfraquece agora que a Dash pode ser mais custosa de se atacar

O pico das taxas da rede do Bitcoin contrasta diretamente com as do Dash, cujas taxas permaneceram significativamente mais baixas. No momento da escrita a taxa mediana de transação da Dash está numa pequena fração de centavo por transação: 0.00034 USD. Isto é devido à falta de congestão da rede, com esta atualmente processando um número muito menor de transações por dia. No entanto, durante um teste de stress do ano passado, que processou praticamente 10 vezes o volume de transação do Bitcoin, a taxa mediana de transação da Dash permaneceu inalterada.

Uma razão geralmente citada para se dispor a pagar taxas significativamente mais altas na rede do Bitcoin é a sua maior segurança em relação a outras criptomoedas comparáveis, com o custo de atacar a rede do Bitcoin e reverter transações significativamente maior devido a uma hashrate de mineração muito mais alta. No entanto, na recém-lançada versão 0.14, o Dash incluiu o ChainLocks — uma inovação que aproveita a rede de masternodes para prevenir reorganizações da cadeia assim como ataques de mineração secreta ou egoísta. Isto torna necessário o controle de uma porção significativa da rede de masternodes para criar um ataque, com o controle de um único masternode (dos mais de 4 900 no momento da escrita) custando praticamente 160 000 devido ao requisito de garantia de 1 000 Dashs. Atacar a rede do Dash teria portanto um custo de centenas de milhões de dólares ou mais, dependendo de quais seriam as reações do mercado à rápida aquisição de porções significativas do suprimento circulante de Dash (assumindo liquidez suficiente).

Por contraste, o Crypto51 estima que um ataque de uma hora na rede do Bitcoin custaria 656 307. A implementação do ChainLocks pode criar uma dúvida significativa no valor de se pagar taxas de transação significativamente maiores para transferências de Bitcoin, já que atacantes em potencial só precisam adquirir hashpower de mineração para atacar o Bitcoin, enquanto no Dash eles precisariam controlar a maioria do suprimento de dinheiro circulante além da maioria de hashrate.

As transações de Dash podem em breve serem mais confiáveis em segundos do que as outras moedas jamais serão

No momento, praticamente todas as transações de Dash são automaticamente fixadas graças ao InstantSend por padrão, que foi implementado este ano com a versão 0.13 usando a rede de masternodes para fixar os inputs das transações até que eles sejam completamente confirmados pelos mineradores. A adição do ChainLocks aumenta a permanência dessas transações, prevenindo que ocorram reorganizações da blockchain no futuro. As criptomoedas mais proeminentes, como o Bitcoin e Litecoin, não são, nem de perto, tão seguras sem o recebimento de confirmações na blockchain, e não têm medidas preventivas contra ataques de 51%. Com esta última atualização, as transações de Dash podem, numa questão de segundos, serem mais seguras do que outras cadeias populares serão depois de meses.