This post is also available in: Français Deutsch Русский English

Uma nova parceria entre BlockCypher e o National Renewal Energy Laboratory (NREL) do departamento de eletricidade dos EUA permitirá que a Dash seja usada para trocas P2P de eletricidade.

Como resultado da parceria entre o provedor líder de serviços blockchain na web e o laboratório, a Dash será a primeira nessa futura plataforma de compartilhamento de energia agnóstica de blockchain para maximizar a eficiência minimizar os custos da rede elétrica dos EUA. O CEO do Dash Core, Ryan Taylor, acredita que a Dash é perfeita para isso por causa das transações baratas e do plano de longo prazo para acomodar grandes volumes:

“Ativando medidores eficientes com a habilidade de trocar moedas digitais por eletricidade, podemos tornar a rede elétrica mais estável e eficiente permitindo a monetização de energia armazenada e de energia produzida nas extremidades da rede. Se nossas redes conseguirem operar mais eficientemente,
isso também ajudaria a evitar obras caras de infraestrutura. A Dash se encaixa singularmente como facilitadora desses pagamentos, porque ela foi projetada para acomodar um enorme volume de transações mantendo as taxas baixas.”

Usando a tecnologia blockchain para maximizar o uso de energia e minimizar os custos

De acordo com Dylan Cutler — Engenheiro Sênior e Pesquisador Principal — para o projeto de blockchain na rede elétrica da NREL, a tecnologia blockchain oferece uma oportunidade única para redimensionar de maneira eficiente uma plataforma de eficiência máxima na rede elétrica, e planeja testar isso via um projeto que tirará vantagem de pagamentos P2P de Dash entre duas casas de teste inicial:

“O NREL tem trabalhado com serviços públicos, reguladores, e outras agências governamentais para utilizar o DER para permitir uma rede elétrica mais econômica, ambientalmente correta e eficiente. A tecnologia blockchain oferece uma plataforma transformadora e com grande potencial de redimensionamento, possibilitando mercados distribuídos de energia, o que poderia permitir ao DER interagir de maneira mais efetiva com o resto da rede. Essas interações incluem uma resposta mais eficiente para as demandas, maior capacidade de reservas e suporte para qualidade da energia. O NREL e o BlockCypher mostrarão como pagamentos P2P podem ser facilitados e resolvidos na rede Dash entre duas casas de teste em uma Instalação de Integração de Sistemas de Energia (ESIF) do NREL. Idealmente, o projeto será então redimensionado para incluir interação de serviços e múltiplas casas em um alimentador.”

Uma abordagem p2p usando pagamentos Dash para lidar com os problemas da rede elétrica

O diretor de crescimento do BlockCypher Karen Hsu acredita que este projeto poderia não só criar um sistema elétrico muito mais eficiente em um mundo cada vez mais dependente da eletricidade, mas também poderia ser usado para resolver crises elétricas regionais:

“A tecnologia desenvolvida nesse projeto permite às pessoas trocarem energia renovável de pessoa para pessoa. Isto seria importante durante um desastre natural ou em momentos em que a rede cai por períodos prolongados, assim como vimos nos EUA no ano passado. Esta tecnologia também é importante já que o consumo de energia está crescendo continuamente com cada vez mais pessoas usando veículos elétricos e mais aparelhos movidos a bateria. Uma troca P2P de energia poderia melhorar o encaixe entre geração e demanda, reduzindo as oscilações da rede nos momentos de pico.”

De acordo com Hsu, isto irá em breve permitir a usuários pagarem facilmente pelo uso de eletricidade online com criptomoedas, começando com a Dash:

“NREL é o único laboratório federal dedicado a pesquisa, desenvolvimento, comercialização e lançamento de tecnologias de eficiência energética e energia renovável. Nós estamos animados para trabalhar com eles em um sistema distribuído de energia independente de blockchain, onde as pessoas possam imediatamente compartilhar energia (solar, hidrelétrica ou eólica), carregar seus veículos híbridos em estações elétricas distribuídas em suas casas e negócios, e pagar online uma quantia menor pelo seu uso de energia.