This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

A Atualização 12.2 da Dash foi lançada, aumentando o tamanho dos blocos e reduzindo as taxas de referência, enquanto isso o aumento de bloco, Segwit2x, do Bitcoin é cancelado.

Dentre a variedade de pequenas mudanças para melhorar a rede, a atualização também inclui várias mudanças para permitirem à Dash continuar sendo usada como um método eficiente de pagamento no longo prazo, incluindo aumento no número de usuários. O Dash Core anunciou o aprimoramento em 7 de Novembro, com um pedido de atualização do software para a mudança entrar em vigor:

De acordo com o CEO do Dash Core Ryan Taylor, isso objetiva ajudar a manter a utilidade da Dash como um sistema de pagamento:

“Como uma rede focada em pagamentos, acreditamos fortemente que manter uma pequena taxa de transação é um pré-requisito para manter uma rede saudável no longo prazo. Taxas altas de transação afetam tanto consumidores quanto vendedores que desejem gastar os fundos recebidos. Usuários de várias outras redes experimentaram em primeira mão o impacto que taxas altas podem ter no seu cotidiano, já que muitas transações pequenas como as recargas de telefones pré-pagos ou compras de cartões de presente se tornam inviáveis. A versão 12.2 reforça o compromisso do grupo Dash Core com a manutenção de uma rede que é rápida, de alta capacidade, segura, barata, simples de integrar e de usar. Sobretudo, com este lançamento a Dash está demonstrando que nosso plano para redimensionar as moedas digitais está funcionando ativamente, enquanto mantém os custos baixos para nossos usuários. A Dash está silenciosamente se tornando a rede que o Bitcoin um dia prometeu que seria.”

O tamanho de bloco da Dash aumentou para 2MB, as taxas caíram em 10x, o PrivateSend melhorou

A atualização 12.2 inclui uma miríade de mudanças e melhorias, mas dentre elas estão vários avanços cruciais relacionados ao redimensionamento e usabilidade. Primeiramente está o aumento para dois megabytes, dobrando a atual capacidade on-chain. Com um intervalo de bloco de 2 minutos e meio, isto é o equivalente a um tamanho de bloco de 8 MB para uma moeda que — como o Bitcoin — tem um intervalo de bloco de 10 minutos (O tamanho de bloco do Bitcoin é 1 MB enquanto o do Bitcoin Cash é 8 MB). Isto significa que sem atualização futura alguma, a Dash poderia suportar um tráfego oito vezes maior que o atual uso do Bitcoin antes de encontrar problemas, e a Dash tem um plano de longo prazo para que a capacidade da rede cresça bem mais do que isso para incluir blocos de 400 MB e além.

Em segundo lugar está uma redução de 10x nas taxas. Anteriormente, a Dash desfrutava de uma das menores taxas dentre as maiores criptomoedas, com uma taxa mediana de cerca de 3 centavos de dólar nos preços atuais. Agora, a taxa básica de 0.0001 Dashs para transações normais e de 0.001 para o InstantSend estão sendo reduzidas para 0.00001 e 0.0001, respectivamente. Isto manterá baratas as transações pequenas, ainda que o valor de mercado da Dash e o uso da rede aumentem. Finalmente, várias melhorias foram feitas às transações privadas do PrivateSend, permitindo aos saldos serem misturados e anonimizados mais eficientemente.

A Dash se redimensiona e melhora em usabilidade enquanto a tentativa de redimensionamento do Bitcoin falha

Ao mesmo tempo, o Bitcoin encarou chances mais baixas de se redimensionar no curto prazo. A atualização Segwit2x foi assinada por representantes de uma grande porção do hashpower da rede e ambicionava resolver o impasse do redimensionamento da rede, concordando tanto no aumento dos blocos até 2 MB quanto na ativação do Segregated Witness (Segwit), ela foi bem sucedida no curto prazo ativando o Segwit para agradar um lado do debate. Todavia, enquanto tentava implementar o aumento no tamanho de bloco, o acordo encontrou uma feroz oposição. Como resultado, os principais atores por detrás da atualização cancelaram ela esta semana, significando que no futuro próximo o Bitcoin continuará com blocos de 1 MB.

A Dash, nesse meio tempo, convocou uma eleição com toda a rede de masternodes para decidir — no início de 2016 — se o tamanho de bloco deveria aumentar quando o assunto estava em voga no criptouniverso. A rede votou esmagadoramente a favor do aumento quando chegasse a hora. Agora, quase dois anos mais tarde, enquanto os primeiros estágios da plataforma Evolution pairam no horizonte, o aumento foi implementado, bem antes que qualquer problema de redimensionamento se materializasse. De acordo com Taylor, isto é consistente com a estratégia de longo prazo de antecipar os problemas de redimensionamento antes deles acontecerem:

“”Soluções de redimensionamento levam tempo para serem desenvolvidas, testadas e instaladas. No espaço das moedas digitais, volumes de transação podem crescer rapidamente, então acreditamos que é crítico permanecer bem a frente da demanda antecipada. Estamos ativamente explorando vários casos de uso com parceiros que consumiriam um alto volume de transações, então é importante demonstrar para o mercado o nosso compromisso com o redimensionamento da nossa rede para atingir os objetivos deles. Além do crescimento da nossa própria rede, existe a possibilidade que o próprio crescimento exponencial do Bitcoin possa se alastrar para as outras redes. Se isso fosse acontecer, nossa rede poderia experimentar um repentino e dramático aumento na demanda. Por essas razões, é prudente continuar adicionando capacidade antes da necessidade, no lugar de depois dela acontecer.”