This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

Em Outubro, a solução de comércio e ponto de venda Alt Thirty Six anunciou sua parceria exclusiva com a Dash. Esta parceria foi usada como exemplo proeminente do caso de uso da Dash como sistema de pagamento sem as limitações do mundo bancário, particularmente porque o primeiro alvo da plataforma é a indústria legal da maconha, que é tradicionalmente assolada por problemas bancários.

A Dash Force News teve o prazer de falar com o CEO do Alt Thirty Sic Ken Ramirez sobre os detalhes da descrição da plataforma e o que ela busca oferecer, assim como datas de lançamento e âmbito de uso projetado para 2018. Além disso, como uma exclusividade para Dash Force News, o Alt Thirty Six lançou um dos seus vídeos promocionais para comerciantes antes do programado.

Dash Force News: O Alt Thirty Six foi originalmente promovido como uma solução de pagamentos para a indústria da cannabis. Seria esse o âmbito do caso de uso da plataforma?

Ken Ramirez: Não. A plataforma do Alt Thirty Six for projetada para resolver as complexidades de todos os comerciantes operando e aceitando moedas digitais. Nosso objetivo primário é a adesão em massa da moeda Dash, e quando analisamos os verticais para o lançamento inicial, a indústria da cannabis oferece o melhor caso de uso para a Dash por três razões:

* Acesso limitado ou inexistente aos bancos dos EUA e serviços financeiros;
* Amplo setor demográfico de usuários;
* Uma indústria de 20 bilhões de dólares com uso intensivo de dinheiro e crescendo exponencialmente.

Apesar da cannabis ser nosso principal vertical, nossa plataforma é independente de setor e estamos conversando com comerciantes em múltiplas outras indústrias incluindo: bares e restaurantes, linhas aéreas, lojas de conveniência, agências de cobrança, e vendedores online.

Que ofertas adicionais serão inclusas na plataforma?

KR: Facilitar a transação é só uma das muitas funcionalidades da nossa plataforma. Nosso objetivo é oferecer aos comerciantes um aplicativo que oferece todas as funcionalidades requisitadas para operar com Dash eficientemente e dentro da lei. Quando um comerciante, vendedor, fornecedor ou cliente se registra na nossa plataforma, eles imediatamente ganham acesso a:

* carteira digital
* conta de câmbio
* conta bancária
* cálculos automáticos de impostos (ganhos e perdas de capital)
* pontuação de risco de cliente em tempo real para cada carteira
* funcionalidades melhoradas anti-lavagem de dinheiro
* ferramentas informativas
* portal administrativo com dashboard interativa
* ferramentas de gerenciamento de usuários
* ponto de venda virtual
* pagamentos móveis dentro do app e ecommerce

Quando um vendedor se registra no nosso sistema. Eles têm a habilidade de convidar seus vendedores e fornecedores diretamente do portal deles. Da mesma forma, um fornecedor ou vendedor pode convidar um comerciante através do portal deles, permitindo transações suaves entre todas as partes da cadeia de produção.

Um dos maiores desafios que os proprietários de negócios de criptomoedas têm enfrentado é a incapacidade de se integrar facilmente nos sistemas de contabilidade e de folha de pagamento, inclusive para pagamento de impostos. O Alt36 tem um plano para lidar com isso? E quanto aos softwares e hardwares para POV já usados pelo comércio?

KR: Nó já integramos serviços de pagamento de impostos na plataforma e faremos integrações com as plataformas de contabilidade mais populares, incluindo Quickbooks, Xero, Netsuite, e Freshbooks com base na demanda dos clientes. Nas nossas próximas versões de lançamento, incluiremos serviços de folha de pagamento e fatura para empregadores e empregados.

Para os provedores existentes de POS, nós desenvolvemos uma API JSON RESTful (similar ao Stripe) e estamos atualmente testando nossas primeiras integrações no campo de teste de nosso parceiro. Atualmente temos na fila para integração 10 ISVs parceiros. Uma vez que concluamos os testes, antecipamos que em não mais que 2 semanas, nossos primeiros parceiros ISV começarão suas integrações.

Falando de cumprimento das regulamentações, as criptomoedas e cannabis parecem uma combinação infernal em termos de dificuldades regulatórias. Seria isso um problema para a Alt36?

KR: Em termos de regulamentação tanto em criptomoedas quanto em cannabis, nós estamos tomando medidas significativas para garantir que nós e, mais importante, nossos comerciante tenham acesso a todas as ferramentas necessárias para observância da lei, e recursos para operar completamente em conformidade com ela. Todos os comerciantes aceitando moedas digitais precisam calcular e pagar taxas sobre todos os ganhos e perdas de capital, o que pode ser praticamente impossível sem o conhecimento e os recursos próprios. Nossa plataforma oferece cálculos automáticos de ganhos e perdas em cada transação para o comerciante. Além disso, no fim do ano iremos providenciar um formulário de imposto de renda do IRS completamente preenchido com os dados necessários.

Para nossos comerciantes de cannabis, a regulamentação é muito mais extensiva devido às regulamentações federais colocadas sobre a indústria. Para oferecer diligência prévia melhorada, estamos desenvolvendo um programa completo de AML/KYC (com mais de 100 páginas) e estamos trabalhando com os maiores reguladores de FinCEN do estado para garantir que todas as transações na nossa plataforma estejam de acordo com regulações federais e estaduais. O nosso consultor também é um dos maiores advogados na indústria da cannabis e guia nossas estratégias de aproximação do mercado para garantir a conformidade com as regulamentações estaduais específicas.

Quando o lançamento público da plataforma está agendado? Mais ou menos o empresário comum será capaz de se inscrever e começar a aceitar pagamentos em Dash?

KR: Nós estamos testando as primeiras integrações no campo de teste de nosso parceiro. Atualmente, temos 10 ISVs na fila para a integração. Assim que concluirmos os testes, em aproximadamente 2 semanas, nossos primeiros ISVs parceiros começaram suas integrações e testes. Os dois primeiros parceiros, CannTrade e outro que será revelado em um comunicado de imprensa, irão prover acesso para mais de 1 000 comerciantes, vendedores e fornecedores de cannabis. Uma vez que nos sentirmos confiantes que a nossa plataforma possa atender as necessidades da demanda crescente de nossos clientes, abriremos a API para acesso publico.

Se você pudesse estimar, quantos negócios serão capazes de aceitar Dash no lançamento público? E quanto a projeções para o fim do ano ou um chute só por diversão?

KR: Uma vez que nossos parceiros ISV completem as integrações e os testes, começaremos a receber comerciantes através de nossas parcerias com os canais. A primeira integração, CannTrade, permitirá que mais de 400 comerciantes, vendedores e fornecedores na Califórnia e Arizona comecem a aceitar Dash por meio da sua plataforma b2b. Cada cliente adicional que a CannTrade trás irá automaticamente receber uma conta com o Alt Thirty Six. O segundo parceiro ISV irá oferecer acesso a mais de 1 000 comerciantes operando na plataforma deles.

O time do Alt Thirty Six atualmente consiste de 11 empregados em tempo integral, 12 conselheiros, 16 engenheiros e estamos projetando que teremos mais de 50 empregados de tempo integral até Julho de 2018. Os 10 ISVs parceiros na fila para integração irão dar acesso para mais de 4 000 comerciantes de cannabis com aproximadamente 5-10 milhões de pacientes e clientes. Nós revelaremos as parcerias em comunicados e atualizações de rede futuros.

Nosso novo website para nosso produto está sob desenvolvimento e irá refletir a oferta atual dele, o time atualizado do Alt Thirty Six, e registro no Product36. Nós apreciamos todo o suporte da rede e dos nossos parceiros durante o curso do projeto. Estamos ansiosos para trabalhar exclusivamente com Dash e aumentar a adesão à Dash através do produto que oferecemos.