This post is also available in: Français Deutsch Русский English

O Dash Core Group recentemente fez a sua chamada de conferência trimestral de recapitulação, que está incluída acima. Aqui estão os meus principais destaques da chamada.

1: Plataforma Dash em Testnet no Final de 2019, Lançamento ao Público da DashPay em 2020, Outras Notícias Técnicas

A Plataforma Dash, conhecida em geral como Evolution, está com lançamento em testnet marcado para Dezembro. Por razões técnicas a plataforma precisará ser lançada antes dos DApps serem lançados, incluindo a DashPay com usuários blockchain e listas de contatos. Quando a Plataforma Dash estiver em testnet os parceiros serão capazes de criar suas próprias devnets, testar a DashPay em testnet, e construir seus próprios DApps em testnet, e registrar identidades de teste usando o DPNS (Serviço de Nomes da Plataforma Dash). A documentação apropriada será fornecida para isso. O lançamento ao público da DashPay é esperado para o próximo ano.

A versão 0.14 está completamente lançada, com o InstantSend por padrão causando crashs em alguns masternodes durante o que parecem ser testes de stress recentes. Implementações em quórum de denúncias/banimento por comportamento malicioso parecem ser bem-sucedidas.

O InstantSend Encadeado é um pré-requisito para fazer o PrivateSend funcionar em dispositivos móveis, e agora que ele foi implementado se tornará mais possível permitir que funcionalidades avançadas de privacidade sejam adicionadas. No entanto, mesmo que esta seja uma funcionalidade muito importante para a comunidade, ela não está com uma prioridade tão alta quanto disponibilizar as funcionalidades da DashPay e não está no planejamento imediato. O mesmo vale para contas seguras de masternodes compartilhados/poupança, que ainda estão no roadmap mas não serão feitas por algum tempo, provavelmente depois do PrivateSend móvel.

2: Objeções Regulatórias Obstruindo Casas de Câmbio são Resolvidas, Especialmente quanto ao PrivateSend

A maior parte da atividade do DCG no sentido de compliance etc. focou-se em definir que o Dash não é um valor mobiliário, e em educação sobre o PrivateSend. O primeiro parece estar resolvido, agora o DCG está buscando agressivamente o próximo. O Dash mantem um compromisso com a privacidade, mas não há bom argumento sobre por que ele deveria seguir padrões mais altos do que outras moedas. O PrivateSend é idêntico ao mixing de Bitcoin, e o DCG está com uma estratégia bem agressiva de envio de mensagens para que os reguladores tratem ambas as redes igualmente, assim como para explicar razões legítimas pelas quais você gostaria de ter privacidade. Para isso, Ryan lançou um post sobre PrivateSend e compliance.

O eToro teve problemas com seus reguladores por listar o Dash, mas essas preocupações se acalmaram agora que foi ensinado o suficiente sobre o PrivateSend. O Coinbase foi claro no passado dizendo que eles estão “explorando” maneiras para enviar uma mensagem para o time de desenvolvimento da moeda para se comunicar com ele, e o DCG está fazendo isso ativamente. Isso não significa, no entanto, que eles garantiram uma listagem, e pode também representar uma mudança na forma de comunicação pública depois de problemas com a listagem do Bitcoin Cash e acusações de uso de informações privilegiadas.

3: O Foco do Dash em Plataformas de Jogos, e o Foco em Remessas no México Expandido para Toda América Latina

Várias plataformas de jogos listaram o Dash, inclusive com o Dash sendo listado como a maneira mais rápida de depósito em uma porção surpreendente delas. Ambos os fatos foram um pouco inesperados, e o Dash vê isso como um forte caso de uso emergente, potencialmente acima dos outros.

O DCG está expandindo a sua abordagem sobre remessas. Passando de focar puramente no corredor de remessas EUA-México para abordar a América Latina no geral. Isso é porque os ganhos de adoção na Venezuela e na Colômbia, estão tornando as remessas mais fáceis pois os recipientes podem gastar os Dashs diretamente em vez de precisar convertê-los. Algumas integrações importantes — como a casa de câmbio Daexs — têm vários casos de uso em remessas para os Venezuelanos e Colombianos.

A África também é uma boa oportunidade, no entanto o DCG está trabalhando em capacidade máxima com só dois empregados de desenvolvimento de negócios, e continua focado na Venezuela/Latam.

Ocorreu uma mudança de estratégia na direção de buscar grandes comerciantes, que podem trazer muitas empresas de uma vez, em vez de pequenos comerciantes individuais.

A Alt36 está finalizando seu teste beta por convite, com um lançamento público que será anunciado em breve.

4: O Marketing se Focará em Mensagens, os Detalhes serão Dados na Chamada de Marketing de Setembro

O Marketing do DCG focará em mensagens e canais controlados pelo Dash, em seguida se focará em canais conquistados onde eles trabalham com outros parceiros. Isto será detalhado durante a chamada de marketing de Setembro, e o DCG vai mostrar maneiras de fortalecer a comunidade para participar no marketing no futuro. Nenhuma conferência oficial do Dash está planejada até o lançamento da DashPay.

5: Finanças

O DCG acumulou reservas e agora vai propor uma nova proposta de vários meses esta semana. O DCG também tomou empréstimos para construir uma reputação de crédito.