This post is also available in: Français Deutsch Русский English

O Cryptobuyer firmou uma parceria com a farmácia e ícone de solidariedade Farmarato, permitindo que suprimentos médicos na Venezuela em Dash para.

Em um post lançado hoje, o provedor de soluções para comerciantes e casa de câmbio latino-americana Cryptobuyer anunciou uma parceria com o Farmarato — uma farmácia proeminente na Venezuela — permitindo aos clientes gastarem criptomoedas, incluindo Dash, para comprar remédios e outros suprimentos na farmácia. Digno de nota é o serviço de delivery do Farmarato, que permite que as compras sejam transportadas para as casas dos clientes diretamente.

Farmarato como um símbolo nacional de perseverança nos tempos difíceis

Além da expansão do uso do Dash na Venezuela, a integração com o Farmarato também possui uma significância cultural especial. De acordo com o CEO do Cryptobuyer Jorge Farias, a parceria é bem importante para os Venezuelanos devido a sua história e significância durante os tempos difíceis que o país experimentou recentemente:

“O Farmarato é mais do que uma farmácia. Ele se tornou um símbolo da constância e solidariedade dos venezuelanos, usando redes sociais para conectar as pessoas com reais necessidades de medicação com outras pessoas e instituições interessadas em ajudar. Agora, com o Cryptobuyer Pay, essa ajuda terá um novo mecanismo para facilitar os seus pagamentos internacionais e as operações de transferência com velocidade, economia, e segurança de ferramentas como o Dash.”

O Farmarato foi aclamado pelo uso de suas contas nas redes sociais, que um farmacêutico notoriamente usou para indicar desabastecimentos e fazer pedidos para suprimentos médicos criticamente necessários, em vários casos salvando clientes em situações de vida ou morte usando a ajuda da comunidade global pelas redes sociais. Isto levou o Farmarato a se tornar um símbolo de solidariedade venezuelana durante sua atual difícil crise econômica.

O crescimento contínuo do Dash como método de pagamento na região

O Dash exibiu um crescimento impressionante na Venezuela e na região da América Latina, além da integração com o Farmarato. Só esta semana, o Dash foi integrado como opção de pagamento na Farmarket, outra franquia de farmácias Venezuelana com 22 unidades no país, solidificando o caso de uso do Dash em remessas para pagamentos de remédios e outros suprimentos similares em um país que tem uma necessidade aguda. Farias vê as funcionalidades de forte segurança e transações instantâneas como elementos centrais para a sua adoção e crescimento na região:

“O Dash continua a mostrar adoção real na região. Funcionalidades como InstantSend e ChainLocks são avanços técnicos que não são comumente vistos em outras moedas, mas a coisa mais importante que ele representa é que são inovações focadas na experiência do usuário, e isso é importantíssimo para a adoção em massa.”

Fora do mundo das farmácias, o Dash fez avanços na Venezuela e também em outros domínios. Uma garagem em um shopping de Mérida aproveitou o Dash para facilitar pagamentos de estacionamento, que poderiam levar mais de uma hora devido a processadores ineficientes de pagamento no país. Recentemente, mais de 1 000 pagamentos foram feitos em Dash só nesse estacionamento, com planos dos times locais se expandirem para shoppings próximos.