This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

A projeção da Dash na Nigéria já alcançou vários eventos-chave em um curto período de tempo, criando mais de 800 novos usuários da Dash.

O grupo Dash Squard já organizou uma série de eventos de divulgação pela Nigéria. Sendo que o mais recente foi o Festival Dash de Música e Cultura, um evento de dois dias com cerca de 800 presentes voltado para a promoção da Dash como moeda, incluindo-se a compra dos ingressos.

De acordo com o organizador Ogunseye Oluwajuwon Micheal, o evento criou centenas de novos usuários da Dash, incluindo dúzias de comerciantes, e apresentou um ecossistema Dash completo.

“Nós também tivemos o Festival de Música Dash, com mais de 800 pessoas presentes. Foi um evento de dois dias. O primeiro dia tinha mais de 350 pessoas e o segundo dia tinha 500 pessoas. Abrimos um total de mais de 300 novas carteiras Dash e já mandamos para todas elas o equivalente a 5 USD em Dash, que todo mundo usou para comprar comida, bebida e outras mercadorias no evento. Nós também ensinamos a mais de 50 comerciantes que vieram para nosso evento os benefícios da Dash e como eles podem enviar e comprar Dash. Nós apresentamos a Dash aos artistas locais que vieram para o evento, e todos eles foram pagos em Dash. Somente dois decidiram vender parte de suas Dashs.”

Uma campanha consistente de encontros e eventos de divulgação

Um elemento-chave para a promoção da Dash em eventos e encontros é a criação de tantos novos usuários quanto possível, mais do que simplesmente espalhar conhecimento. Para alcançar isso, uma maneira comum e efetiva é criar para os novos usuários uma carteira móvel com uma pequena quantidade de Dash. Isto oferece tanto um incentivo financeiro para aprender mais sobre o projeto quanto uma experiência real — mais do que puramente teórica — de uso da Dash como dinheiro do cotidiano. o Dash Squard criou centenas de novas carteiras Dash pelo país, com mais de 800 reportadas no momento de escrita.

Micheal vê o próximo ano como central para o crescimento da comunidade da Dash na Nigéria, e será amparado por uma série de integrações com comerciantes:

“Bem, eu sei que a Dash será uma grande revolução para muitos nigerianos em 2018. Teremos muito mais pessoas usando Dash já que o primeiro e maior site de e-commerce [da Nigéria] — ShopNow.ng — começará a aceitar Dash depois que falamos com eles, e pretendemos dar 15% de desconto para qualquer um que comprar quaisquer produtos com Dash no site. Uma reportagem será lançada em breve na mídia. Muitos Nigerianos estão ansiosos para 2018, já que estamos planejanto criar o DashCart; ele será semelhante a um BitCart, mas dessa vez será uma venda de cartões-presente exclusivamente em Dash. As pessoas serão capazes de usar seus Dashs para comprar eletrônicos, pagar suas contas, comprar comida e também despesas médicas.”

De acordo com Micheal, a Dash está crescendo o suficiente na Nigéria para muitas pessoas serem capazes de viver completamente dela, algo que não é mais possível com Bitcoin devido às taxas extremamente altas:

“A Dash Nigéria foi capaz de convencer três grandes comerciantes da Nigéria a aceitar Dash nas suas lojas físicas e com isso mais dez de nós estão vivendo puramente de Dash. Acredito que quando apresentarmos nossa proposta, e os MN votarem por nós, teremos uma grande utilidade e isso vai impulsionar o ecossistema Dash na Nigeria. Eu acredito no futuro da Dash no meu país e os Nigerianos estão ávidos por um sistema estável e para abandonar a fracas moedas fiduciárias e os sistemas centralizados que vêm com elas. Além disso, o Bitcoin nos abandonou completamente. Não dá para pagar 20 USD para comprar um produto no ShopNow.ng que custa menos de 15 USD, isso é ridículo. Dash é a única solução que temos.”

Um plano ambicioso para construir um ecossistema completo da Dash na Nigéria em 2018

Finalmente, Micheal está planejando uma série de projetos infraestruturais para o ano novo, incluindo uma casa de câmbio exclusiva para Dash, um curso educacional gratuito para profissionais, e um escritório físico da Dash para aqueles mais cautelosos e não familiarizados virem conversar pessoalmente e aprender sobre Dash:

“Bem, meu próximo alvo é criar um sistema na Nigéria que vai permitir a todos os Nigerianos viverem completamente de Dash. Pretendemos criar uma casa de câmbio exclusiva para Dash, e também o nosso DashCart. Já conheci muitos profissionais na Nigéria, tanto pelo nosso pessoal de tecnologia quanto nossos bloggers, repórteres e publicitários que não sabem sobre a Dash. Pretendemos construir uma Academia Dash na Nigéria, onde ofereceremos um curso gratuito para que os profissionais aprendam sobre a Dash e sobre seu uso. Também pretendemos ter um bom escritório físico da Dash em Lagos na Nigéria; a maior parte das moedas alternativas têm seus escritórios em Lagos e muitos não conhecem bem a Dash, daí muitos nos perguntam por que não temos uma oficina física já que eles são novos a ideia de criptomoedas e adorarão vir nos visitar no escritório.”