This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

Bradley Zastrow, Chefe Geral de Desenvolvimento de Negócios do Dash Core Group, fez recentemente um Q&A com a comunidade da Dash e também publicou um artigo no site da NASDAQ onde discutiu os planos de crescimento futuro da Dash, que focaram na usabilidade.

No Q&A, Bradley respondeu algumas questões que se relacionavam ao papel do Desenvolvimento de Negócios e aos métodos que eles perceberam como melhores para aumentar a adoção da Dash. Bradley começou respondendo à pergunta de um usuário sobre se o Time de Desenvolvimento de Negócios tem uma ordem de focar especificamente em parcerias de negócios que ajudassem no suporte técnico das integrações com a Dash ou se eles deveriam facilitar relacionamentos maiores de negócios.

“É primariamente a primeira opção, mas quando surgem oportunidades (i.e. Bitgo) buscaremos facilitar um relacionamento entre o parceiro e a Rede onde isso fizer sentido.”

Ele prosseguiu destacando quando e como são feitas exceções para a busca de relacionamentos maiores de negócios.

Se tivéssemos uma bos oportunidade de negócio, mas ela fosse muito cara para o Desenvolvimento de Negócios do DCG financiar diretamente, levaríamos isso para a rede (i.e. Bitgo). Em oportunidades nas quais não vemos nenhuma área de parceria, também direcionamos de volta para a rede via uma proposta, para que eles possam propor seu plano de negócios diretamente. Às vezes também trabalhamos com donos de propostas com perguntas relacionadas a tecnologia e feedback antes das discussões pré-proposta.”

No seu artigo na NASDAQ, Bradley falou como “não é suficiente só construir e achar que as pessoas virão”, mas que um esforço de comunicação estratégico precisa ser implementado. Bradley mencionou cinco estágios disso que incluem.

  • Conhecimento da tecnologia
  • Persuasão para investigar
  • Fazer a decisão de adotar
  • Experimentar a tecnologia
  • Confirmar o uso contínuo

Em ambas as mídias, Bradley mencionou vários aspectos da usabilidade que tornam a Dash bem-sucedida em termos de adoção.

A Dash está construindo uma infraestrutura de usabilidade

Bradley discutiu no artigo da NASDAQ como a Dash fez uma parceria com o Kriptomobile na Venezuela para distribuir telefones celulares já que eles estão “se tornando o meio primário de acesso das pessoas à internet”. Ele destacou como os celulares vêm pré-carregados com as funcionalidades da Dash, o que torna o processo de recrutamento da Dash muito mais fácil para os consumidores.

  • Uma maneira de conseguir uma conta — por meio pré-instalação de uma carteira Dash
  • Uma maneira de conseguir Dash — por meio da pré-instalação do Uphold, mas também com algumas Dash na forma de uma carteira de papel inclusa no celular. Isto também tem o benefício de introduzir ao usuário a experiência de escanear um código QR.
  • Uma maneira de transacionar em Dash — não só o usuário pode receber pagamentos pela sua carteira Dash e conta no Uphold, mas também a pré-instalação do Bitrefill também permite outras opções de ecommerce, tais como opções de recarga de celulares pré-pagos

No seu Q&A, Bradley destacou que eles estão planejando fazer com que mais casas de câmbio integrem diretamente o InstantSend para acelerar os serviços para os consumidores. Eles também planejam ajudar a aumentar a liquidez para as casas de câmbio encorajando mais usuários a entrarem no ecossistema para criar um ambiente de Dash mais robusto nas casas de câmbio. Bradley também discutiu as vantagens que a Dash pode oferecer imediatamente para a indústria da cannabis nos Estados Unidos já que, por conta de questões legais, a indústria opera exclusivamente em dinheiro, o que “atualmente traz um custo de 20-30%”. Ele adicionou que a Dash pode oferecer tanto soluções B2C com pagamentos mais baratos e rápidos quanto um sistema de POS, mas também pode ajudar o B2B com compras de inventário e gerenciamento de dinheiro mais baratos e rápidos, e com um gerenciamento mais eficiente de cadeia de abastecimento por meio das futuras plataformas Evolution e DashDrive.

A Dash oferece o que os consumidores desejam

O tema geral em ambas as mídia foi como a Dash é capaz de receber feedback da comunidade e está subordinada à comunidade da Dash, mas também é capaz de ter as vantagens de uma empresa com liderança. O Time de Desenvolvimento de Negócios da Dash é uma parte do Dash Core Group, que deve renovar o financiamento repetidamente por meio da Tesouraria da DAO então os seus interesses precisam estar alinhados com os da rede ou eles correm o risco de perder financiamento. No entanto, uma funcionalidade adicional é que o Dash Core Group e o Time de Desenvolvimento de Negócios têm uma estrutura clara de gerência, que permite que a Dash faça um trabalho melhor com terceiros para integrações com a Dash e para formar parcerias que avancem a Dash. Ter um time de liderança bem definido também facilita que as notícias da Dash sejam publicadas em mídias tais como a NASDAQ. Esta estrutura permite que a Dash não só descubra o que a comunidade e os consumidores desejam para o desenvolvimento da rede, mas também é uma maneira eficiente de implementar estes desejos.

Esta estrutura permitiu não só que os celulares Kripto fossem lançados na Venezuela, mas também o Bitrefill, Fanduel, FuzeX, Paycent, e outras parcerias. Isto expande a usabilidade da Dash e aumenta a habilidade dos indivíduos de viver da Dash. Então a Dash é capaz de trazer esses serviços para os consumidores combinando eles com iniciativas educacionais e de divulgação por meio da Dash Venezuela, Dash Colômbia, Dash Embassy D-A-CH, Dash Africa, Dash Hub Africa, e outros. A Dash é capaz de tirar vantagem de sua estrutura única para descobrir como consumidores querem usar a Dash e então entregar esse serviço eficientemente para os consumidores através da divulgação educacional.