This post is also available in: Français Deutsch Русский English

O número de endereços ativos do Dash — um importante indicador de adoção das criptomoedas — ultrapassou o do Litecoin na última semana, dando seguimento a uma tendência de ultrapassagem de longo prazo.

De acordo com dados do BitInfoCharts, o Dash superou o Litecoin durante todos os últimos sete dias em quantidade de endereços ativos num período de 24 horas. Isto dá seguimento a um processo recente de ultrapassagem, no qual Dash e Litecoin vieram trocando frequentemente de posição no ranking de endereços ativos nos últimos seis meses. A tendência surgiu em meados de janeiro deste ano, quando o Dash superou o Litecoin por 20 dias. Nos anos anteriores, o Dash ultrapassou o Litecoin durante um total de apenas seis dias que remontam ao verão de 2017. No momento da escrita, o Dash lista 57 993 endereços ativos em comparação com os 39 772 do Litecoin.

O crescimento do Dash em métricas fundamentais de adoção versus competidores

O Dash cresceu mais do que outras moedas — como o Litecoin — em importantes métricas associadas à adoção das criptomoedas. Este ano o Dash firmou sua posição como moeda com o maior crescimento de endereços ativos, ultrapassando até mesmo o Bitcoin, que também teve, no total, um crescimento na quantidade de endereços ativos durante o último ano. Além disso as transações totais na rede do Dash estão crescendo visivelmente mais rápido que as do Litecoin, até mesmo as ultrapassando várias vezes recentemente, ainda que de uma maneira não tão consistente ou dramática quanto a quantidade de endereços ativos.

No geral, outras criptomoedas tiveram ganhos contínuos nas métricas de adoção, enquanto o Bitcoin permaneceu estagnado. Nas métricas de transações, endereços ativos, e distribuição de valor de transação mediano e médio, a tendência aparentemente mostra que outras criptomoedas, como o Dash, estão sendo mais adotadas do que o Bitcoin para pagamentos menores e mais corriqueiros.

A influência das criptomoedas mais antigas está se reduzindo

A influencia das criptomoedas mais antigas sobre o resto do setor — incluindo a do Litecoin e do Bitcoin — aparenta estar se reduzindo. Um novo estudo feito pelo Indexica mostra que a influência que o preço do Bitcoin tem sobre o resto do mercado das criptomoedas diminuiu recentemente, um resultado de um setor cada vez mais maduro e diversificado. Isto pode ser porque existem opções adicionais de entrada no espaço, possibilitando que os usuários invistam em seus projetos favoritos diretamente em vez de precisarem comprar Bitcoin primeiro, assim como aumenta a diversidade de projetos disponíveis para suporte, alguns dos quais podem ser mais especializado para o propósito pretendido, em vez de tentar depositar todas as esperanças no Bitcoin.