This post is also available in: Français Deutsch Русский English

A Dash lançou a grande atualização 0.13, que inclui mudanças radicais para o sistema de masternodes e reorganizações significativas tanto das transações instantâneas quando das privadas.

Hoje mesmo, o time do Dash Core anunciou o lançamento da versão 0.13, uma grande melhoria e o primeiro nível fundamental da tão esperada Evolution. De acordo com o CEO do Dash Core Ryan Taylor, isto permitirá funcionalidades especiais futuras incluindo aplicações descentralizadas (DApps):

“Esta é uma atualização empolgante para nós no nosso progresso em direção ao lançamento da Dash Evolution. A versão 0.13.0 vai melhorar numerosas funcionalidades dentro da rede Dash, incluindo tanto InstantSend quanto PrivateSend, e acomoda novos tipos de transação que criam as bases para muitos usos futuros da plataforma da Dash, tais como a habilidade de criar aplicações e anexar metadados a transações.”

Estas transações especiais expandem os tipos de transações disponíveis para além dos tipos financeiros básicos que são comuns dentro das criptomoedas, evitando extensões e maus usos dos formatos tradicionais de transações por exemplo usando opcodes para ativar as funcionalidades avançadas da Evolution.

InstantSend por padrão é um divisor de águas na indústria

Além das transações especiais, a Dash também implementou o InstantSend por padrão, fixando praticamente todas as transações como confirmadas em cerca de 1.3 segundos. Antigamente, o InstantSend era exclusivamente opcional, só disponível para certos serviços e para as carteiras oficiais da Dash, custando 10 vezes mais que uma taxa de transação normal da Dash. Agora, todas as transações normais com quatro ou menos inputs (cerca de 90% das transações atualmente) serão automaticamente fixadas pelo InstantSend sem taxa adicional, essencialmente tornando todas as transações confirmadas instantaneamente. Em especial, isto será feito por padrão para as transações, tenha o serviço ou carteira dado suporte prévio para a funcionalidade ou não. Isto levará a uma experiência universal de InstantSend, quando antes a funcionalidade estava longe de ser universalmente usada.

Enquanto a maior parte das transações de criptomoedas são transmitidas e aparecem como recebidas instantaneamente, a maior parte dos comerciantes e serviços não estão dispostos a aceitá-las até que elas recebam pelo menos uma confirmação na blockchain. Isto têm sido uma limitação das criptomoedas em relação às formas mais bem estabelecidas de pagamento, a maioria das quais pode levar dias para ser permanentemente liquidadas, mas que são tipicamente aceitas instantaneamente. Com o InstantSend por padrão, no entanto, a Dash agora possui liquidação instantânea e permanente com um alto grau de segurança e descentralização, que pode ser uma novidade na indústria de pagamentos.

Grande revisão dos masternodes com sistema de chaves separadas e lista determinística

Uma melhoria estruturalmente significativa na atualização 0.13 é a melhoria do atual sistema de masternodes, com a introdução de um sistema de chaves separadas e listas determinísticas de masternodes. Originalmente, todas as funções de um operador de masternode dependiam de uma única chave, que provava a propriedade da garantia de 1 000 Dashs necessária antes de executar um masternode. Esta chave foi usada para criar o nó, reiniciar ou fazer manutenção do nó, e votar em propostas da tesouraria. Além disso, as recompensas de masternodes antes eram enviadas para um único endereço. Agora, as chaves dos masternodes foram divididas em três: garantia, operação e voto. A chave de garantia prova a posse das 1 000 Dashs e é necessária para criar o nó, a chave de operação é capaz de executar o nó em si sem necessitar de acesso à chave de garantia, permitindo um gerenciamento mais confiável e seguro do nó por terceiros. Finalmente, a chave de voto permite votar em propostas na tesouraria sem ter acesso a nenhum dos outros aspectos do nó, facilitando a delegação simples de direitos de votação a partes de confiança. O endereço de recompensa dos masternodes também pode ser dividido em dois, facilitando o pagamento automático de operadores de nó e reduzindo a necessidade de atenção frequente dos donos da garantia.

Por conta desta divisão, uma lista determinística de masternodes pode ser produzida, permitindo que os masternodes ativos sejam listados sem exigir acesso à blockchain inteira da Dash para determinar quais os masternodes válidos. Isto significa que, além dos nós completos, clientes leves e SPV serão capazes de acessar e verificar a lista de masternodes, permitindo funcionalidades adicionais em uma variedade de clientes.

A maior melhoria de privacidade da Dash incluindo a capacidade de suporte em plataformas móveis dispensando confiança

Resultando diretamente da implementação de listas determinísticas de masternodes, a funcionalidade de PrivateSend da Dash agora poderá ser implementada em clientes leves dispensando confiança. Anteriormente, o PrivateSend exigia um nó completo com acesso à blockchain inteira da Dash, pois era necessária uma lista de masternodes antes de utilizá-los no processo de mixing. Implementações móveis do PrivateSend como as da MyDashWallet exigiam que o usuário confiasse em um nó completo para o processo de mixing. Agora que a versão 0.13 foi lançada, clientes móveis poderão acessar uma lista determinística de masternodes sem precisar confiar em um nó completo de um terceiro. Dependendo de quando o PrivateSend móvel confiável for implementado na prática, a Dash pode se tornar a primeira criptomoeda a oferecer funcionalidades avançadas de privacidade em dispositivos móveis.

Além das melhorias disponibilizadas por listas determinísticas de masternodes, a Dash também implementou várias outras melhorias para o PrivateSend. Uma nova denominação menor de mixing, 0.001 Dash ou 1 mDash, está disponível para ser usada no processo. Isto facilitará o uso de transações menores, e vai reduzir significativamente as taxas típicas. Já que por sua própria natureza o PrivateSend é incapaz de enviar o troco de inputs divididas de volta para o usuário, ele queimava as sobras em taxas. Uma coleta mais precisa de inputs significa que as taxas do PrivateSend serão mais uniformes e negligenciáveis. Além disso, a quantidade de rodadas de mixing foi expandida de um padrão de 2 e máximo de 8 para um padrão de 4 e máximo de 16, significativamente aprimorando a privacidade das transações. Finalmente, a adição de múltiplas seções paralelas de mixing significa que pode-se esperar que o processo inteiro seja muito mais rápido. No geral, essas melhorias contribuirão para uma experiência significativamente melhorada do PrivateSend, expandindo sua eficiência e facilidade de uso.