This post is also available in: Français Deutsch Русский English

A Dash Índia está aproveitando as vantagens da Dash para melhorar o processo de remessas para indivíduos enviando e recebendo dinheiro na Índia.

A Dash Force News falou com Supreet Raju, Coordenador de Projeto da Dash Índia, sobre sua iniciativa para poupar o dinheiro, tempo e esforço dos indivíduos.

“A Dash Índia é um esforço comunitário para informar & educar os usuários na Índia sobre a Dash e seus casos de uso por meio de conteúdo nas linguagens locais e campanhas de relações públicas. A Índia é uma das economias em crescimento mais rápido no mundo com rápido aumento na penetração dos celulares. Também é o maior mercado de remessas do mundo, totalizando 65 Bilhões de USD em remessas no ano passado. No momento estamos focando nesse mercado pois remessas são um caso de uso importante da Dash, mas subutilizado.

Supreet continuou discutindo sua meta de “estabelecer uma massa crítica de conscientização sobre a Dash para remessas — já que é um caso de uso bem prático”l. Para enfatizar a impotência com o problema, Supreet destacou que “Os Indianos coletivamente perdem 5 Bilhões de USD anualmente só em taxas de remessas”.

“Suplantando sistemas tradicionais como o PayPal & Western Union com a Dash, visamos empoderar os Indianos com mais liberdade financeira.”

Supreet destacou que a Dash ainda não é muito bem conhecida na Índia como outras criptomoedas. No entanto, o time da Dash Índia está “tentando mudar isso com conteúdo que ajuda as pessoas a entenderem os benefícios da Dash e como elas podem começar a usá-la na vida real”.

Expandindo a comunidade apesar dos obstáculos

Supreet disse que apesar do debate governamental e político em torno das criptomoedas, “as criptomoedas estão se estabelecendo em um nível de base na Índia”, e como prova de sua popularidade, “A Índia já representa 10% do volume global de Bitcoin e [o time da Dash Índia] observa uma animação palpável nas pessoas”. Para aproveitar esta oportunidade, o time da Dash Índia está focando em “ser um esforço primariamente digital até agora” e eles são “independentes de região, focando em usuários online”. Eles queria seguir essa seguir essa estratégia porque lhes dá “amplo alcance e permite que alcancemos uma audiência tecnicamente madura com uma maior propensão a usar crypto”.

A regulação na Índia ainda é incerta já que o “Banco de Reserva da Índia está elaborando novas políticas, cuja divulgação é esperada para o final do ano”, Supreet destacou. Apesar da animação dos indivíduos com criptomoedas, Supreet adicionou que “a confiança no geral permanece baixa, dado o alto grau de volatilidade e fraudes nesse mercado”l. A Dash Índia planeja superar isso “estabelecendo confiança pela educação e construindo mais conscientização que lhes dê confiança em considerar a Dash como uma oportunidade, um investimento e uma moeda legítima para se usar”.

Para continuar seu crescimento, a Dash Índia planeja se redimensionar “através de uma combinação de educação online, crescimento nas redes sociais e construção de engajamento offline por meio de conferências”, porque eles veem bastantes oportunidades com os indivíduos mais jovens. Atualmente eles estão “dispondo planos para organizar a [sua] primeira conferência no quarto trimestre e também impulsionar o seu engajamento digital via [seus] canais na mídias sociais” visando uma importante área de crescimento.

“A chave para a expansão na Índia, assim como em qualquer país é fazer a comunidade crescer — desejamos trazer a Dash para a Índia e esperamos que a comunidade continue crescendo.”

A Dash cresce por meio de uma comunidade descentralizada

A Dash foi capaz de aumentar a sua rede e sua adoção rapidamente, uma taxa de adoção dos comerciantes de mais de 2500 no passar de alguns anos por conta da comunidade descentralizada da Dash. A comunidade da Dash é uma combinação de indivíduos financiados pela Tesouraria da DAO da Dash e voluntários tornando os projetos uma realidade. A Tesouraria da DAO permite que a comunidade da Dash financie o desenvolvimento e propostas de divulgação diretamente dos 10% da recompensa de mineração de cada mês, o que aumenta muito as eficiências da Dash para ajudar indivíduos de todos os grupos socioeconômicos pelo mundo. No entanto, a Dash também depende pesadamente de voluntários, mas pode-se argumentar que esses voluntários são incentivados a oferecer sua melhor performance pois ou estão trabalhando para em certo ponto serem financiados pela Tesouraria da DAO ou acreditam fortemente na Dash devido a sua estrutura única mencionada acima.

Essas funcionalidades se combinam para tornar a comunidade da Dash extremamente generosa, cooperativa, e produtiva, com prósperas comunidades descentralizadas tais como a Venezuela, Colômbia, África, e mais. Além disso, a comunidade da Dash exibe ainda mais seu altruísmo por meio do DashDonates ajudando a financiar projetos que não foram financiados pela tesouraria, assim como demonstrando o seu potencial de inovação por meio do DashBoost e o futuro Dash Ventures para financiar ainda mais projetos. No geral, essa cooperação de muitos grupos descentralizados levou a numerosas integrações e parcerias pelo mundo que aumentam e muito a habilidade dos consumidores obterem liberdade econômica e financeira com a Dash.