This post is also available in: deDeutsch ruРусский enEnglish

O Cryptobuyer parou de suportar Bitcoin em todas as suas ofertas, passando a se focar em Dash e Litecoin.

A casa de câmbio e plataforma para comerciantes latino-americana anunciou no final de semana que iria parar de suportar Bitcoin no dia primeiro de Fevereiro, e vai continuar a suportar suas outras duas outras ofertas, Dash e Litecoin. De acordo com o comunicado, o motivo foram as taxas crescentes de uso da rede:

“Infelizmente nos últimos meses o Bitcoin sofreu um problema sério de redimensionabilidade enquanto as operações no mundo todo se multiplicavam, tornando a rede menos eficiente, mais lenta e portanto mais cara para se transacionar. É precisamente em países como a Venezuela, onde o salário mínimo de uma pessoa equivale a 3 USD, que este problema se torna mais evidente, mandar uma transação de 1 USD em Bitcoin pode custar 30 USD em comissões, isto torna qualquer tipo de operação inviável.”

O comunicado também apontou insatisfação com as soluções de redimensionamento anteriormente propostas tais como Segwit, indicando que o Cryptobuyer não iria readicionar o Bitcoin até que a rede permitisse que ele fosse usado novamente como dinheiro digital:

“Esta ação será mantida até que a rede Bitcoin mostre maturidade e estabilidade nas suas operações, assim como taxas mais baratas de transação, nós não acreditamos em meias soluções e continuamos apostando nas diretrizes e definições iniciais do Satoshi Nakamoto: Um Sistema de Dinheiro Eletrônico Peer-to-Peer.”

Além de sua casa de câmbio, o Cryptobuyer também removerá a funcionalidade de Bitcoin da sua rede de ATMs, assim como sua solução de ponto de venda, que é responsável por dúzias de comerciantes aceitando criptomoedas pela América Latina.

Insatisfação com a mudança de visão e propósito do Bitcoin

Enquanto a remoção do suporte do Bitcoin tem um elemento de praticidade, de acordo com o Cryptobuyer há uma atração por algumas características iniciais, algumas das quais não se aplicam mais:

“No Cryptobuyer, nós estávamos crentes do potencial do Bitcoin desde a primeira vez que o conhecemos. Todos os membros da organização tiveram suas primeiras experiências com esta tecnologia em diferentes maneiras, ângulos e necessidades. De uma simples curiosidade para entender como minerar, até uma emergência médica onde era necessário pagar por um remédio no exterior. Ainda que todas as motivações fossem diferentes, as características que atraíram todas elas foram as mesmas: liberdade, facilidade e custo.”

Desses atributos, a Dash mantém todos os três, e a futura plataforma Evolution visa melhorar bastante a facilidade de uso. Convenientemente o Cryptobuyer mantém o suporte para as duas criptomoedas restantes, sendo a Dash uma delas:

“Em contrapartida nós estamos muito satisfeitos com a integração de duas novas moedas digitais: Litecoin e Dash”

Em Abril do ano passado, o Cryptobuyer adicionou a Dash para a sua plataforma, permitindo principalmente aos Venezuelanos uma via para comprar Dash. Desde então graças a um time dedicado de divulgadores, 38 negócios que aceitam Dash estão atualmente listados no DiscoverDash, mais de 5% de todas as entradas do mundo.

O salto de adesão à Dash em Janeiro

Enquanto a aceitação do Bitcoin entre certos setores de comerciantes se caiu recentemente, a Dash teve um início de ano agitado com uma gama de novas integrações. A plataforma Mercury Cash adicionou a função de compra da Dash via tanto transferência bancária quanto cartão de crédito, abrindo uma gama de novas opções de compra via moedas fiduciárias para complementar a integração do ano passado com a Uphold. A Bitnovo adicionou a funcionalidade de compra de Dash via transferência bancária e cartão de crédito na sua casa de câmbio, assim como milhares de locais para comprar pessoalmente, e a BitINKA e Bitcoin.vn também ambos adicionaram a Dash para suas casas de câmbio. Como anunciado na North American Bitcoin Conference, a Strike Social, GoCoin, e Piiko todos adicionaram a Dash, abrindo casos de uso significativos para comerciantes. Finalmente, a Dash doou a href=”/dash-forms-350000-rd-partnership-arizona-state-university/”>uma bolsa de 350 000 USD para programas de pesquisa em blockchain na Arizona State University, e o National Renewable Energy Laboratory indicou que vai implementar primeiro a Dash em seus testes de compra e venda de eletricidade via criptomoedas com relógios inteligentes.