This post is also available in: Deutsch Русский English

As regulamentações de criptomoedas têm sido um passeio de montanha russa, mas os desenvolvimentos recentes apontam para ambientes favoráveis na Coreia do Sul e no estado do Wyoming nos EUA.

O chefe do Serviço de Supervisão Financeira da Coréia do Sul (FSS) Choe Heung-sik disse que o governo vai apoiar “transações normais” de criptomoedas, sugerindo que o governo vai encorajar o crescimento do mercado crypto sob regulamentações KYC. Desde 30 de Janeiro, as regulamentações da Coreia do Sul exigem que o câmbio de criptomoedas seja feito usando o nome real dos traders. Os anônimos terão um direito adquirido aos seus fundos atuais, mas quaisquer novas compras ou vendas envolvendo moedas fiduciárias precisarão estar em conformidade com as regulamentações de KYC. Choe disse então que o governo vai “‘encorajar'” os bancos a criarem relações e participarem de transações com casas de câmbio de criptomoedas para balancear o fato de que muitos bancos locais têm hesitado abrir novas contas relacionadas a criptomoedas.

No outro lado do mundo no estado do Wyoming nos EUA, o Senado Estadual passou passou uma lei que iria isentar as criptomoedas dos impostos estaduais sobre propriedade. Atualmente, o estado e o governo federal dos EUA consideram as criptomoedas como propriedade em vez de moedas, sendo assim eles consideram cada compra e venda um evento passivo de impostos, ainda que seja somente a compra de um copo de café. Esta lei, que passou no Senado Estadual com uma maioria de votos republicanos, iria isentar “moeda fiduciária, ouro, cheques descontáveis em caixa, e ‘moedas virtuais'” das taxações pessoais. Para que isto se torne uma lei no estado do Wyoming, terá que passar pelo Congresso e depois ser assinado pelo governador do Wyoming.

A montanha russa da regulamentação das criptomoedas

A regulamentação das criptomoedas tem sido uma dinâmica fluida e incerta nos últimos meses, o que levou a movimentações nos preços. O mercado crypto da Coreia do Sul disparou quando a China começou a reprimir as criptomoedas, somente para rondarem rumores de que a Coreia do Sul também iria fazer uma repressão do mercado crypto. Agora paree que a Coreia do Sul não vai banir completamente o mercado, e vai em vez disso buscar uma forma de mercado regulado, mas o tipo exato de regulamentação continua incerto. Ainda permanecem dúvidas já que certas regulamentações podem ser tão prejudiciais quanto um ganimento, como exemplificado pela infame BitLicence de Nova York, que continua impedindo muitos negócios crypto de operarem na metrópole financeira.

Alguns estados seletos dos EUA, incluindo o Wyoming, começaram a implementar regulamentações para crypto favoráveis para estimular a inovação e o consumo no seu estado. A nível federal, as regulamentações permanecem em um estado ambíguo e fluido com os legisladores e reguladores oferecendo várias opiniões quanto a como proceder. Alguns legisladores reconhecem a necessidade de não dificultar a inovação, outros temem a necessidade de proteger os consumidores de si próprios, tudo isso enquanto CFTC e SEC (os corpos nacionais de regulamentação financeira) ofereceral algumas recomendações relativamente favoráveis. Conforme as regulamentações foram se desenvolvendo nos últimos meses, os preços das criptomoedas flutuaram, mas os preços recentes têm sido relativamente estáveis conforme o mercado aguarda desenvolvimentos futuros.

As criptomoedas enfrentam incerteza regulatória porque muitos questionam se é um instrumento de investimento ou uma moeda. Para ser uma moeda, um item precisa ser uma unidade de contabilidade, meio de troca e reserva de valor.

A Dash visa se tornar o dinheiro digital, de preferência sem atrair ira regulatória

Por enquanto sem ser um alvo significativo para reguladores, a Dash continua a ser adotada por muitos usuários pelo mundo para substituir ou complementar seus atuais sistemas ineficientes de unidade de contabilidade ou sistema de meio de troca. A Dash está bem posicionada para estabilizar seu preço e assim satisfazer o requerimento de reserva de valor. Esses três requerimentos cumprem a definição econômica de moeda.

A Dash também está unicamente posicionada com seu sistema de governança e tesouraria para focar no crescimento paralelo tanto da comunidade de usuários quanto a blockchain para produzir um crescimento estável. Conforme a Dash cresce para se tornar uma rede sustentável, ela aumenta o valor que lastreia a moeda (a rede estável). Esses desenvolvimentos permitem à Dash uma criptomoeda mais popular e uma moeda mais amplamente aceita.