This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

A Coinbase anunciou via um post no Medium que a divisão Coinbase Custody avaliará a adição de mais 37 moedas, incluindo Dash.

A Coinbase Custody começou em 2 de Julho para ser “um serviço de custódia para clientes institucionais otimizado para a armazenagem de grandes quantidades de criptomoedas de maneira extremamente segura.” O serviço inclui “cold storage segregado”, “controles de finanças e títulos”, “cobertura dedicada”, “seguro”, e “contas multiusuário” de acordo com o site deles, para adaptar os requerimentos dos investidores institucionais.

O post frisou que seria “somente armazenamento” e que eles “ainda não consideraram esses ativos para negociações”. A Coinbase acrescentou que eles fizeram o anúncio internamente e publicamente “ao mesmo tempo para se manter transparente com nossos clientes quanto ao suporte de futuros ativos”. O post continuou destacando que isto ainda é um processo de desenvolvimento e que nenhum compromisso foi feito ainda.

“Como parte do processo exploratório, os clientes podem ver as APIs públicas e outros sinais de que estamos conduzindo um trabalho de engenharia para dar suporte para esses ativos. Apesar de não podermos nos comprometer quanto a quando ou se esses ativos estarão disponíveis na Coinbase Custody, atualizaremos nossos clientes quanto ao processo e quanto ao que eles podem esperar via nossa conta no Twitter.”

O post seguiu discutindo que ser adicionada na Coinbase Custody não significa que as moedas possam ser adicionadas para negociações ativas já que elas ainda precisam “passar pelo Digital Asset Framework”.

Investidores institucionais buscam retornos no longo prazo

A popularidade recente das criptomoedas atraiu o interesse de investidores institucionais buscando retornos para seus clientes. No entanto, devido a sua estrutura e a necessidade de se conformar com as leis financeiras tradicionais, eles não podem investir em criptomoedas imediatamente da mesma maneira que os consumidores comuns. No lugar disso, esses serviços de custódia dão uma porta de entrada para os investidores institucionais com serviços que eles estão acostumados como o gerenciamento de ativos por terceiros ao armazená-los de maneira segura em cold wallets e também dando um seguro para o investimento. O aumento na demanda por criptomoedas dos investidores institucionais pode ser vista pela maneira como a Coinbase está expandindo seus serviços de custódia e como outros, como a Goldman Sachs, estão considerando empreendimentos similares.

Anteriormente a Dash Force News discutiu como essas contas de custódia oferecem um caminho para grandes investidores entrarem no espaço das criptomoedas, o que então cria mais confiança nas criptomoedas e encoraja ainda mais indivíduos e instituições a entrarem no espaço. No entanto, essas instituições ainda têm um dever fiduciário com seus investidores para buscarem os melhores retornos possíveis com o passar do tempo. Para fazer isso no espaço relativamente volátil das criptomoedas, eles precisarão justificar seus investimentos com uma prova de que a moeda valerá mais nos próximos anos.

Na maioria das grandes criptomoedas, o suprimento é fixo, então os preços de câmbio aumentarão conforme a demanda aumenta pelas simples leis da oferta e procura. Conforme as moedas constroem sua base de usuários e usabilidade no cotidiano, seus valores aumentarão, conforme mais consumidores adotarem essas criptomoedas para as usarem em suas vidas cotidianas, para comprarem bens e serviços. Já que investidores institucionais comprarão essas moedas para guardar em custódia, eles provavelmente buscarão criptomoedas que têm uma grande probabilidade de alcançarem esses atributos porque eles não farão day trading dessas moedas. Enquanto a redução de negociações prejudica a descoberta de preço no mercado, ela também reduz a volatilidade em certo grau. Investidores institucionais buscarão criptomoedas que têm um histórico de alcançarem as metas mencionadas acima e um planejamento para continuar fazendo isso no futuro.

A Dash dá grande evidência de crescimento no longo prazo

A Dash vem demonstrando sua habilidade de crescer sua base de usuários e comerciantes focando na usabilidade no cotidiano. Isto torna a Dash um investimento atrativo para investidores institucionais já que eles podem ficar confiantes que a Dash está estruturada para aumentar seu preço e valor de maneira contínua e sustentável. Uma prova que já está sendo vista disso são as ações da Fidelity, a grande firma de investimento, que têm uma participação de 15% no Neptune Dash, a companhia de posse fracionária de masternodes da Dash negociada na bolsa. Isso também pode ser visto quando você avalia a Dash baseada no seu valor justo, que é derivado do uso verdadeiro na vida cotidiana dos consumidores.

A Dash foi capaz de manter esse foco na praticidade cotidiana por conta de sua estrutura única que traz incentivos econômicos adequados. A Dash tira vantagem dessa estrutura para criar custos de transação extraordinariamente baixos que permitem que a Dash seja primariamente um sistema descentralizado p2p de pagamentos digitais para indivíduos pelo mundo. Este foco em praticidade no cotidiano dá valor à Dash como uma moeda útil e portanto suporta ainda mais seu preço de câmbio, o que dá um forte argumento para adoção por investidores institucionais por meio de contas de custódia. Conforme mais investidores adotam a Dash, isto torna a rede mais robusta e cria mais confiança na Dash o que leva a maior adoção dos investidores, comerciantes e consumidores.