This post is also available in: Français Deutsch Русский English

O Cryptobuyer — popular empresa de POS e caixas eletrônicos — está se organizando para encorajar ainda mais a adoção em massa do Bitcoin e das outras criptomoedas. A companhia de plataforma popular entre os comerciantes por facilitar transações de criptomoedas excedeu 40 000 usuários registrados, com mais de 50 grandes empresas usando o seu sistema de POS, incluindo as lojas Samsung Experience e Traki — a maior franquia de lojas de departamento da Venezuela.

As soluções taxa zero para comerciantes do Cryptobuyer

Em um podcast recente, o CEO do Cryptobuyer — Jorge Farias — demonstrou as intenções da sua companhia de oferecer um sistema de taxa zero para os comerciantes, que permitirá que eles aproveitem os serviços do Cryptobuyer sem custo algum. De acordo com Farias, esta implementação é voltada para a promoção de adoção em massa das criptomoedas por comerciantes no mundo todo.

Farias disse:

“O comerciante recebe 100% da transação. Isto é algo que torna essa proposta mais atraente para o comerciante, porque não estamos cobrando qualquer tipo de taxa pela instalação, manutenção, ou qualquer outro tipo de taxa. Se um comerciante processa uma transação em Dash de 100 USD, eles vão receber 100 USD no dia seguinte na sua conta bancária. Estamos cobrando o usuário, e o usuário está satisfeito em pagar a taxa porque eles não precisam ir a uma casa de câmbio, não precisam perder 5, 6, 7% — que é o custo médio de fazer a conversão aqui no Panamá — por exemplo.”

O Cryptobuyer também é conhecido pelos múltiplos serviços financeiros que são possibilitados pelo uso da plataforma. Serviços como compra e venda de ativos digitais, recargas de telefone, compras de vales-presente e transferências de dinheiro são todas possíveis usando a solução do Cryptobuyer.

Poderíamos ter uma implementação melhor que “taxa zero”?

Tão atraente quanto possa parecer a prescrição de Farias para adoção dos comerciantes, ela parece contradizer a opinião de Ryan Taylor, CEO do Dash Core Group (DCG). A recomendação de Taylor critica a implementação do Cryptobuyer, que coloca as taxas sobre o usuário. Esse é um desenvolvimento que poderia ser um tiro pela culatra e ser contraproducente no longo prazo.

Em vez de trocar a responsabilidade, a recomendação de Taylor sugere o exato oposto, no qual os comerciantes teriam que lidar com o custo. No entanto, deve-se ser rápido e barato em comparação com as alternativas disponíveis. Uma área em que o Bitcoin falhou em dar conta.

Em sua resposta à opinião de Taylor, Farias concordava plenamente. Apesar de que ele notou que o foco da sua plataforma por enquanto estava no encorajamento da adoção em massa, e na possibilidade de modificar o sistema no futuro.

Farias esclareceu que a estratégia de “o comerciante não paga nada” é uma estratégia que busca atrair os grandes comerciantes para aceitarem Dash:

“Eu concordo totalmente com o Ryan, é inaceitável fazer alguma cobrança do usuário. Mas por outro lado nós estamos buscando a adoção em massa, e a única maneira de fazer isso é conseguir gente grande aqui. E a única maneira de convencer os grandes é oferecendo algo que não trará gastos para esses grandes atores. Eles não precisam pagar um único centavo pela sua integração, pelo menos não no momento. Mas a minha ideia é que, no futuro, talvez em um ou dois anos, quando eles fizerem 100 000 transações mensais e estiverem satisfeitos conosco, aí será hora de pagar. Talvez poderíamos dividir o modelo para eles pagarem uma parcela.”

A Dash Evolution resolverá o problema da adoção

Considerando essas complicações, a Dash Evolution, que está ‘prestes a ser lançada’, parece ser uma ferramenta essencial na indústria para promoção da adoção em massa. O app removerá as complicações existentes em torno das transações de criptomoedas, encorajando um onboarding mais rápido e fácil. Ela simplificará a participação removendo todas as complexidades atuais que são associadas com transações de criptomoedas.

Este é outro desenvolvimento que deixa Farias entusiasmado, e ele acredita que vai tornar mais fácil para sua empresa alcançar adoção em massa e expandir seus objetivos ainda mais rápido.

Ele disse:

“Para nós será um killer app, porque uma das primeiras coisas que sempre pensamos é: como podemos tornar este processo mais fácil? Como podemos lidar com o endereço, com as diferentes carteiras, todas essas coisas. Obviamente para nós é algo que nos anima muito porque a Evolution vai lidar com esse problema muito muito bem. Ela não só agiliza os pagamentos, mas também facilita para o usuário final e para trazer novas pessoas que não querem lidar com chaves privadas ou com endereços. Esta é a única maneira de entrar nos meios convencionais.”

O que o Dash está fazendo na área de simplificação do uso das criptomoedas e viabilização como método de pagamento não está sendo correspondido por nenhum outro projeto na indústria. Com os incansáveis esforços do DCG, mais produtos que focam na satisfação das necessidades dos usuários finais — tanto clientes quanto comerciantes — estão sendo desenvolvidos na rede Dash.

Com plataformas como Cryptobuyer e outros POS ou provedores de carteiras implementando o protocolo Dash e seus produtos em evolução, a adoção das criptomoedas pode estar logo ali, ainda mais rápido do que imaginamos.