This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

As criptomoedas atingiram um novo recorde de quase meio trilhão de USD em capitalização de mercado, prosperando enquanto o dinheiro abandona o setor das moedas fiduciárias.

A recente ascensão astronômica das criptomoedas foi descrita pelos eruditos financeiros e muitas fontes da mídia como uma bolha, trazendo o risco de um colapso. No entanto, de acordo com Ryan Taylor, CEO da Dash Core, isso na verdade representa os estágios iniciais da bolha dos bancos centrais estourando:

Esta semana os mercados das criptomoedas alcançaram um novo recorde, mais de 493 bilhões de USD no momento da escrita, pouco menos da marca dos meio trilhões de dólares. Isto é quase 140 bilhões de USD a mais do que o mesmo na semana passada, e quase 300 bilhões a mais do que um mês atrás. No início do ano, o valor combinado de todas as criptomoedas era somente 18 bilhões.

O ano excepcional da Dash

A Dash em particular teve um ano de crescimento excepcional. No início do ano, o valor de uma única Dash eram apenas 10 USD. No momento da escrita, a mesma moeda está se aproximando dos 1 000 USD. Sua capitalização de mercado está a mais de 7 bilhões e crescendo.

Mais notavelmente, a tesouraria mensal da Dash disponível para pagar projetos no ecossistema agora já excede os 6 milhões. Este orçamento pode financiar qualquer projeto ou organização considerado útil para a comunidade Dash pelos masternodes, incluindo integrações com casas de câmbio e comércios, contratos de exclusividade, times de adesão no comércio, mídia, desenvolvimento, etc. Isto pode ter o efeito de fortalecer o ecossistema no longo prazo, e portanto o preço, o que em retorno aumenta o orçamento disponível, perpetuando um ciclo virtuoso de crescimento constante.

O “flippening” que está por vir

Os desenvolvimentos atuais representam um fluxo de capital para fora dos velhos sistemas fiduciários dominados por bancos centrais em direção a ativos p2p, digitais. Quando o dinheiro digital p2p se popularizar como um meio mais eficiente de pagamento e transferência de riqueza que os serviços bancários, podemos ver um “flippening” ainda maior para as criptomoedas.