This post is also available in: Français Русский English

O arquiteto chefe do time do Dash Core, Andy Freer, anunciou sua saída do time para começar a trabalhar em aplicativos descentralizados (DApps) para a Dash.

Num anúncio hoje, Freer indicou que deixaria o time do Dash Core agora que sentia que o design e desenvolvimento da plataforma da Evolution estão suficientemente completos:

“Agora que o design de protocolo da Evo[lution] está praticamente completo e as implementações estão sendo executados em DevNet, eu sinto que meu trabalho principal no Core está feito, e que eu cumpri o compromisso que fiz com o Evan em 2016 para ajudar a Dash a ir além de pagamentos brutos, difíceis de usar, e desenvolver uma criptomoeda popular, prática, econômica e que funcione em larga escala para o futuro.”

Desenvolvedor importante desde os primórdios, Freer trabalhou lado a lado com Evan Duffield, fundador da Dash, no desenvolvimento da arquitetura da rede por anos. Freer acredita que o atual time de desenvolvimento do Dash Core é um dos melhores no mundo, e pode desenvolver ferramentas para alcançar liberdade verdadeira para o bem do mundo:

“Foi um prazer, e eu me sinto privilegiado de ter trabalhado com tantos desenvolvedores inteligentes e talentosos. Acredito que o time de desenvolvimento é o melhor no setor e, contanto que eles apreciem e permaneçam focados na visão do Evan — que está incorporada no atual design da Evo[lution] —, acredito que temos o potencial de cultivar uma utilização e uma base de casos de uso muito maior do que a que é imaginada hoje em dia no espaço das criptomoedas. Com isso, a maior descentralização e independência pessoal resultante em todos os aspectos das vidas das pessoas só pode ser algo bom, e eu continuo completamente compromissado com essa meta mais ampla.”

Depois que Duffield saiu do time Core e que Ryan Taylor passou de um papel nas finanças para CEO, Freer servia como CTO do time. Ele passou para o posto de arquiteto chefe quando Bob Carrol se tornou o CTO em meados deste ano.

A plataforma Evolution da Dash vai introduzir um rico ecossistema de DApps

Além de anunciar sua saída do time Core, Freer indicou que ele continuaria ocupado trabalhando no ecossistema da Dash, especificamente no desenvolvimento de DApps, aplicativos descentralizados construídos em cima da plataforma Evolution para oferecer uma ampla gama de funcionalidade adicional para a rede, que ele acredita que vai ajudar a trazer a adoção em massa:

“Meu principal foco agora depois de um tempo de folga será a criação de DAPs para a Evoution com alguma capacidade flexível e criativa, i.e. escrever DAPs e ajudar outras pessoas a escrever DAPs, pois são os DAPs incríveis que serão a chave para a adoção da Dash nos meios convencionais ao oferecerem novos incentivos e razões para se inscrever, integrar, usar e monetizar com a Dash online como um diferencial para alternativas de pagamento centralizadas. Uma vez que isso ganhar tração, levará a uma massa crítica de popularidade da Dash para merecer assimilação nos sistemas financeiros mais abrangentes, mercados de comércio e verdadeiros pagamentos nos meios convencionais.”

Originalmente vista puramente como uma maneira de dar uma experiência de usuário suave e simplificada para as criptomoedas enquanto ainda mantinha intacta a descentralização, o escopo da Evolution mudou durante os anos para incluir uma plataforma inteira descentralizada para DApps. Como esboçado no vídeo de demonstração lançado neste outono, a Dash permitirá que qualquer pessoa desenvolva DApps na platagorma, com os dados armazenados no Dash Drive, um sistema de armazenamento descentralizado baseado no IPFS (sistema de arquivos interplanetário), com hashes referenciando esses dados armazenados na blockchain. Esta plataforma promete permitir vários novos casos de uso para a rede da Dash desde mensagens encriptadas de ponto a ponto, gerenciamento de cadeias de produção, redes sociais, sequenciamento de genoma, e muitos mais.

O desenvolvimento da Dash se descentraliza ainda mais com um número crescente de projetos independentes

A iniciativa de Freer de fazer desenvolvimento em outros lugares do ecossistema da Dash dá sequência à tendência de descentralização e crescimento do desenvolvimento da Dash. O fundador da Dash criou o Dash Labs para trabalhar em pesquisa e desenvolvimento, e a organização recentemente noticiou que estava trabalhando no Dash Labs Data Collection Protocol, uma plataforma descentralizada para submeter pesquisas acadêmicas para revisão por pares, facilitando o acesso e a monetização, usando Dash. A Arizona State University também produziu pesquisas focadas na Dash, em especial pesquisas sobre redimensionamento mostrando que a rede da Dash pode facilmente crescer para lidar com níveis de transação se aproximando do que o PayPal atualmente processa.

Outros projetos importantes de desenvolvimento no ecossistema incluem o Dash Nexus, uma plataforma para facilitar e simplificar as propostas para o sistema de governança e tesouraria, e a MyDashWallet, uma carteira para dispositivos móveis e web que com funcionalidades adicionais como PrivateSend, suporte para carteiras hardware, distribuição de gorjetas em várias plataformas, câmbio integrado com várias outras criptomoedas, e muitas mais planejadas para o futuro. A MyDashWallet também conduziu um Teste de stress improvisado, que aumentou o número recorde de transações processadas em um único dia bem além do recorde do Bitcoin, com um teste maior planejado para este final de semana.