This post is also available in: frFrançais deDeutsch ruРусский enEnglish

Uma joint venture entre Wirex e SBI Holdings trará cartões de débito baseados em Dash para o mercado Japonês.

Wirex, um cartão de criptomoedas e serviço de câmbio com base no Reino Unido, anunciou uma joint venture com o SBI Holdings. Esta parceria levará a cartões de débito denominados em Iene e gateways de criptomoedas, levando a um crescimento nos mercados japoneses. Isto levará a uma expansão maior pela Ásia e disponibilizará cartões de débito crypto com mais denominações em moedas fiduciárias.

A parceria Wirex-Dash desenvolverá presença no Japão e posição no mercado

Este mês, o Wirex — palestrante na primeira Dash Conference em Londres—, anunciou uma parceria estratégica com a Dash. Isto incluirá integrar a Dash como primeira moeda afora o Bitcoin a ser suportada diretamente na carteira do Wirex, disponibilizando-a para uso com uma nova linha de cartões sem contato a serem lançados este ano. No anúncio oficial, o Wirex mencionou a parceria com o SBI, e notou fortemente o seu potencial para desenvolver os mercados Dash no Japão e  também seu efeito no valor da Dash:

“O SBI Investimentos, que financiou o Wirex com 3 milhões de dólares em 2017, está trabalhando em uma casa de câmbio de criptomoedas com raízes profundas na economia japonesa, onde criptomoedas são reconhecidas como moeda corrente. Nossa nova entidade legal e crescimento contínuo no Japão ajudarão a aumentar a adoção da Dash por meio da crescente base de clientes Japoneses.

Para investidores crypto; nós esperamos que essa parceria apoie o crescimento contínuo da Dash até bem além do atual patamar de 1 000 reais.”

No momento, após uma queda e recuperação devidas ao hard fork e chain split Bitcoin Gold da Bitcoin, o valor da Dash está novamente próximo de 1 000 reais. Uma expansão significativa nos mercados asiáticos tem o potencial de levar isto muito além.

Cartões de débito Dash passam dificuldade, gateways com moedas fiduciárias crescem

A rede Dash anteriormente priorizava integração com vários provedores de cartão de débito para tornar a moeda tão fácil de se gastar quanto possível, até mesmo financiando diretamente várias opções. No entanto, devido a complicações surgindo de problemas com emissores e reguladores, poucas opções confiáveis permanecem, potencialmente frustrando usuários da Dash que priorizavam bastante esse recurso.

Ainda com os contratempos dos cartões de débito, no entanto, a Dash permanece mais fácil de adquirir e de descarregar do que nunca com várias integrações com pares de câmbio com moedas fiduciárias, incluindo Quoinex, Coin Rail, e possivelmente BitFlyer.

Adicionalmente, tanto Festy e Alt Thirty Six estão no processo de integrar a Dash para pagamentos simples em ponto de venda, pulando o passo de conversão para moeda fiduciária empregado por cartões de débito.