This post is also available in: Français Deutsch Русский English

A Dash está começando a observar rápido crescimento e adoção na Colômbia, já que agora há um total de 96 comerciantes e recentemente receberam 54 comerciantes na última vez que George Donnelly, Coordenador do Dash Colômbia, atualizou a contagem no DiscoverDash.

A Dash Force News falou com George sobre o crescimento da Dash na Colômbia, sobre o motivo dos Colombianos amarem tanto a Dash e sobre o que está impulsionando a adoção.

“Tem alguns pontos diferentes. As pessoas simplesmente gostam da simplicidade de ter o dinheiro delas no celular e pagar instantaneamente. Os comerciantes gostam que trazemos novos clientes para eles quando fazemos uma promoção. Eles também gostam de ter uma opção fora do setor financeiro, que é pesadamente regulado e taxado”

George falou mais sobre como a Dash traz aos Colombianos mais liberdade financeira e monetária.

“A Dash está permitindo que os Colombianos façam transferências de valores sem contratempos, em qualquer lugar, a qualquer hora, usando os celulares que eles já têm para ganhar uma nova renda, começar novos negócios e descobrir novas oportunidades de negócios longe do olho vigilante e tributador do governo.”

George explicou também como os consumidores gostam da “conveniência de ter o seu dinheiro em seus celulares, já que eles não precisam se preocupar com roubos, ou que os vendedores não tenham troco para notas grandes.” Ele também destacou que a facilidade de se usar Dash simplesmente impressiona os consumidores e como a Dash está dando aos Colombianos a solução para seus problemas.

A adoção colombiana da Dash tem seu próprio conjunto de atributos únicos

A Dash teve bastante sucesso na Venezuela, o que a primeira vista pode fazer o sucesso da Dash na Colômbia parecer um alastramento, mas ele na verdade se deve a uma estratégia única. George explicou à Dash Force News como eles “rapidamente perceberam que a estratégia de encontros/conferências não iria funcionar” na Colômbia como funciona na Venezuela. George elaborou que a estratégia de encontros e conferências é “simplesmente muito cara e tira as pessoas das suas relações comerciais cotidianas (ao passo que integramos a Dash nas relações comerciais existentes e nos ambientes comerciais tendo eventos nos locais das empresas desses comerciantes)”. George enfatizou que a “Influência venezuelana na Colômbia é em maior parte inspiração”, mas eles podem adicionar algumas conferências no futuro conforme começarem a ter adoção mais ampla, mas acreditam que está muito cedo para um sistema de conferências na Colômbia.

Os planos de expansão deles nos próximos meses são de “continuar trabalhando na estratégia pelas ruas, porque é assim que encontramos as pessoas onde elas estão e posicionamos a Dash na vida cotidiana delas”. Isto permite que eles aproveitem sua principal proposta para os comerciantes.

“[Os comerciantes] gostam dos pagamentos instantâneos, do fato que é no celular deles e que nós trazemos novos clientes para eles. Nossa principal proposta é que traremos novos clientes para eles — e nós cumprimos. É uma proposta difícil de recusar, especialmente quando garantimos que compraremos as Dashs de volta. Uma vez que sediamos um evento onde eles conseguem cerca de 10 ou 20 novos clientes — pessoas que eles nunca viram antes — eles estão fisgados.

Eles também estão planejando “fazer mais Feiras Dash, que são promoções nas quais o time dá até 7 USD em Dash para as pessoas instalarem uma carteira Dash e dar [ao time] suas informações de contato, depois direcionam eles para 5 ou mais comerciantes próximos onde eles podem gastá-las”. George disse que eles “fizeram uma Feira Dash no final do mês passado onde eles abriram 81 novas carteiras em 4 horas”. Isto os levou a explorar “como vender Dash de maneira segura, porque as pessoas que recebem airdrops de Dash frequentemente perguntam como comprar mais”. A estratégia deles criou “uma vizinhança onde há praticamente 20 comerciantes Dash num raio de 4 quarteirões” e “estão focando em replicar este sucesso nas áreas comerciais das vizinhanças vizinhas”.

George também está atualmente “recrutando líderes para replicar o trabalho deles em outras grandes cidades colombianas para que elas possam ver crescimento simultâneo pela região”. George disse que Medellín atualmente é a cidade mais popular para Dash. Eles têm uma meta de alcançar cerca de 1 000 comerciantes em 3 – 9 meses, que eles iriam aproveitar para “trabalhar com comerciantes maiores que têm várias filiais são mais formalizados, com mais clientes”.

A Dash possibilita um crescimento descentralizado e customizado

O crescimento que a Dash está experimentando pelo mundo demonstra como as ofertas centrais da Dash atraem uma ampla gama de indivíduos. O seu sucesso recente na Colômbia demonstra como a estrutura descentralizada da Dash permite que grupos independentes divulguem a Dash da maneira mais relevante para a área local para maximizar a adoção. Isto é facilitado pelo fado da Dash ser uma criptomoeda digital, p2p e descentralizada, mas ainda capaz de financiar seu desenvolvimento de maneira profissional para manter as vantagens competitivas da Dash assim como financiar grupos de divulgação na comunidade mesmo se eles estiverem operando com diferentes estratégias e objetivos.

O sucesso rápido da Dash na Colômbia também demonstra que a Dash não precisa se limitar a países com uma terrível hiperinflação como a Venezuela, onde alguns preveem que a inflação alcance 1 000 000% no final do ano, enquanto a taxa de inflação da Colômbia é de um dígito. Isto é ainda mais visto pelo sucesso da Dash em lugares como New Hampshire e Austrália que não estão sofrendo com uma grande inflação, mas estão ainda assim observando uma adoção significativa da Dash. Além disso, organizações como o Dash.red, um faucet de Dash baseado em jogos localizado em Medellín na Colômbia, também ajudou a trazer pequenas quantidades de Dash nas mãos dos usuários e trazer ainda mais adoção e uso, mas está atualmente tirando uma licença devido a falta de financiamento da Tesouraria da DAO. Conforme a Dash continua a demonstrar seu sucesso pelo mundo, mais pessoas perceberam os vários problemas que a Dash resolve, tanto hiperinflação, pobre infraestrutura bancária, altas taxas bancárias, criação de comunidades, trazer independência monetária/financeira, ou uma das muitas outras ofertas da Dash.

Atualização: Antes, o artigo se referia ao Dash.red como um comerciante, mas foi então atualizado para ser uma descrição melhor.